ATENDIMENTO

(15) 3222-8610 | (15) 3222-2200
bomclima@bomclimaarcondicionado.com.br

Notícias

NOV
14
2019

Verão se aproxima e evidencia necessidade em cuidados com ar-condicionado

Com as temperaturas começando a subir, é hora de preparar a revisão do ar-condicionado. A limpeza do aparelho garante não só dias e noites mais frescas como também evita problemas respiratórios, avisam os especialistas.

Os aparelhos precisam passar por uma faxina periódica. O filtro deve ser limpo a cada 15 dias, seja um modelo split ou modelo de parede.

“Antes de ligar, tire o filtro para a limpeza, que deve ser feita com água corrente, detergente neutro e uma escova de cerdas macias para retirar as impurezas”, explica o engenheiro mecânico Ronei Melo Santiago.

A sujeira, além de problemas de saúde, também pode representar um peso na conta de energia elétrica. “Porque o aparelho vai ter de trabalhar mais horas para gelar o ambiente”, acrescenta Ronei.

Água parada

Nem sempre só cuidar do filtro garante a limpeza adequada. Às vezes, principalmente quando o aparelho fica meses sem ser ligado, pode ser necessária uma manutenção do aparelho.

“O ar trabalha com processo de tirar a umidade do ar. Quando isso ocorre, acumulam gotículas de água na serpentina e na bandeja de dreno, criando ambiente adequado para proliferação até de bactérias”, diz o especialista Saulo Gripp.

A saída, nesses casos, pode ser partir para uma higienização feita por empresas do ramo. “Porque será preciso desmontar o aparelho, lavar peça por peça e esterilizar”.

Segundo o alergologista e professor da Universidade Metropolitana de Santos (Unimes), Fabrício Afonso, a umidade acumulada no ar-condicionado pode representar um risco para a saúde.

“Você pode ter muitos ácaros que desencadeiam as crises de alergias respiratórias, como rinite e asma. Há, ainda, os fungos que podem estar acumulados por conta da presença de água no interior do aparelho”.

Também não se deve deixar o aparelho ligado por longos período por conta da redução da umidade. Outra dica importante é climatizar o ambiente. O objetivo é não deixá-lo extremamente gelado para evitar choque térmico.

“A mudança brusca de temperatura pode aumentar as chances de gripes, problemas respiratórios, dores musculares, além de fortes crises em pessoas que apresentam rinite alérgica, bronquite, asma e sinusite”, explica a pneumologista e diretora de Comunicação da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), Tatiana Galvão.

Cuidados

>Nem pense em voltar a usar o ar-condicionado sem lavar o filtro do aparelho.

>Desligue o aparelho da tomada e limpe o painel frontal com um pano macio e seco.

>O indicado é lavá-lo a cada 15 dias. Se não estiver utilizando muito o equipamento, pode ser mensal.

>Pra isso, retire o filtro do aparelho e lave com água corrente, detergente neutro e uma escova com cerdas macias.

>Durante o inverno ou em épocas de pouco uso, ligue o ar durante uma hora toda semana. Isso ajuda a fazer a limpeza da bandeja e evita o acúmulo de água entre as peças do aparelho.

>Se o aparelho tiver a opção quente, também é uma saída para reduzir o acúmulo de água na serpentina ou na bandeja.

>Vale lembrar ainda que a sujeira acumulada pode atrapalhar o funcionamento do ar-condicionado. Com isso, o aparelho vai trabalhar mais, o gasto com energia é maior e sua uma conta fica mais salgada no final do mês.

Fonte: www.atribuna.com.br

BY :
COMMENT : 0
× Orçamento